31 de outubro de 2009

Na luz

Mal chegou do continente, disse-me logo: "Mamã, vi o Benfica verdadeiro! Marcou mil golos!"
(Referindo-se ao jogo Benfica 6 - Nacional 1, com uma assistência equivalente à população de três ilhas do Faial e ainda sobravam quase três mil pessoas)

29 de outubro de 2009

Ops

Há dias, mesmo na presença do meu filho, cometi um erro crasso. O meu filho chamou-me logo à atenção. Envergonhada, disse-lhe assim: “Desculpa filho, não foi por querer. Vamos combinar uma coisa: não vamos contar a ninguém isto que a mamã fez, está bem? Fica um segredo nosso, combinado?”
Estava eu descansadinha com o assunto, quando, ao entrarmos em casa, o meu filho diz de imediato para o meu marido: “Papá, a mamã passou um sinal vermelho!”

26 de outubro de 2009

Pormenores


Cozinha de brincar, na Pediatria do Hospital da Horta. De madeira, com aspecto de ter sido feita à mão. O lava-louça é um alguidar embutido. As torneiras são verdadeiras, bem pequeninas. A porta mais à esquerda é, por dentro, um frigorífico. Amorosa.

:(

Desde miúda, quando estou triste, preocupada, costumo gastar toda essa energia negativa da seguinte forma: limpo a casa. Ocupo a mente e as mãos, ando entretida e acabo por fazer uma coisa útil. Gavetas, estantes, roupas, louças, nada me escapa. Fica tudo num brinco! Hoje, a minha casa até pisca…
(quase uma semana sem os meus rapazainhes…é muito tempo...)

Uma pergunta curiosa

Uma irmã da nossa igreja foi ao Banco e, na caixa, o funcionário sai-se com esta pergunta: “Diga-me lá: porque é que ao domingo, quando passamos na avenida, vemos as pessoas a sair da vossa igreja todas a sorrir, muito felizes e, quando vemos as pessoas a sair da missa, vem tudo muito sério, muito sisudo?”

24 de outubro de 2009

23 de outubro de 2009

Cristãos que deixam marca

Na semana passada, assisti a um debate acerca do aleitamento materno, promovido pelo núcleo da S.O.S. Amamentação do Faial. Um movimento que teve como fundadora, no continente, uma cristã evangélica, e que muito tem ajudado as mães (e principalmente os bebés) do nosso país.
Hoje, assisti a uma peça de teatro infantil, com uma mensagem maravilhosa acerca do diálogo intercultural e respeito pela diversidade. O actor principal desta peça - o “Zeca” - é um jovem evangélico, da Igreja Baptista de Queluz.
É tão bom ver os nossos irmãos em Cristo a contribuir para o enriquecimento da nossa sociedade, deixando a marca do seu bom testemunho cristão. Dá gosto.

21 de outubro de 2009

Baptismos

No domingo passado, celebrámos os baptismos de mais duas irmãs. Mais uma vez, Deus preparou um dia lindo para estes baptismos no mar. Depois do culto, a igreja foi até à praia e ali, todos juntos, agradecemos a Deus por estas duas vidas, que, perante o olhar atento de vários cidadãos locais, foram baptizadas nas águas, dando testemunho público da sua fé em Jesus. No final, todos batemos palmas (incluindo os banhistas). Deus seja louvado! A Ele toda a Glória!

15 de outubro de 2009

Sem meias palavras

A nossa vizinha, senhora de idade já muito avançada, vai todas as tardes para um Centro de dia para idosos. À hora do almoço, uma carrinha do Centro vem apanhá-la à porta de sua casa. Normalmente, a hora em que a carrinha passa costuma coincidir com a hora em que eu e o meu filho estamos a sair de casa. Por estes dias, ao sairmos de casa, vimos a vizinha parada à porta de sua casa. Nisto, o meu filho, sai-se com esta: "Olá vizinha! Estás à espera do autocarro dos velhotes?"
(que vergonha...)

14 de outubro de 2009

Lutas

Gosto de escrever no meu blogue apenas aquilo que é edificante. Há muitas (muitas) coisas que guardo apenas para mim. E o que guardo são as nossas lutas, as desilusões, as lágrimas. Estas coisas ficam entre nós e Deus. Todas as alegrias e vitórias que aqui relato são sempre precedidas (e depois seguidas) de duras provas. Estou consciente de que há uma luta espiritual muito grande por detrás de todas as coisas. No domingo passado, enquanto a igreja celebrava no piso superior do templo, num jantar maravilhoso que se seguiu ao culto, tive de sair a correr com o meu filho, em prantos, porque, do nada, rebentou-lhe uma otite no ouvido direito. E, enquanto estava nas urgências a ser atendida, e o meu filho sofria aquela dor terrível, pensava no desfecho daquela noite de vitória. Pensava que aquilo que para muita gente pode ser encarado como uma coincidência, para mim é muito mais do que isso. Que o Senhor nos proteja e fortaleça.
(Agradeço a todos os que oram por nós)

13 de outubro de 2009

Aniversário da Igreja

Ontem, a Igreja Baptista da Horta celebrou o seu 34º aniversário, num culto muito abençoado. Casa cheia, pessoas de pé ao fundo do salão de cultos, pessoas de pé na sala lateral, a espreitar para o salão, tentando acompanhar o que se ía passando. Muitos visitantes. Três irmãs deram testemunho público da sua conversão a Cristo. Uma delas foi baptizada durante o culto. As restantes serão baptizadas no próximo domingo, no mar. Um culto festivo, em que demos graças a Deus pelo que tem feito no nosso meio. Um culto muito inspirador, em que a Salvação em Jesus foi mais uma vez anunciada. No final, depois do culto já ter terminado, quando boa parte das pessoas já tinha abandonado a sala, ouço o pastor dizer: "Irmãos, esperem, o culto ainda não terminou!" Olhamos todos para o pastor e vemo-lo junto a um rapaz, que tem vindo a assistir aos cultos desde há alguns meses. Aquele rapaz, por iniciativa própria, tinha ído até à frente para dizer publicamente: "Eu quero-me entregar!" - foram estas as suas palavras. Orámos juntos por mais esta vida que o Senhor colheu e celebrámos ainda com mais alegria a festa. Pois, ontem houve festa na terra e festa no Céu!
(Deus é Maravilhoso)

Concurso de Pesca

Por estes dias, a nossa igreja teve uma actividade diferente do habitual: um concurso de pesca. Pode parecer estranho, mas, dentro da realidade açoriana, pescar é algo muito comum. E não se pense que só os homens é que pescam. Aqui, é comum ver-se toda a família à pesca. No final, houve uma taça para quem pescou mais e outra para o peixe mais pesado (ambos os troféus foram arrecadados pela mesma pessoa). O 2º lugar - e agora pasmem-se - foi ganho por uma senhora. Por fim, o peixe que foi apanhado deu um belo almoço na igreja. Este concurso foi, naturalmente, uma ocasião de convívio entre os irmãos, mas também uma oportunidade para termos connosco pessoas que não vão à igreja. Estes encontros quebram muitos preconceitos e aproximam as pessoas de nós, com laços de amizade. Que o Senhor possa completar a obra iniciada em cada vida.

Resposta completa

À mesa, pergunto-lhe: "Filho, o que é que queres beber? Água ou sumo (o sumo que estava na mesa era Um Bongo)?"
Resposta: "Pode ser um Bongo, o bom sabor da selva".

4 de outubro de 2009

Festa no Céu

A pregação de hoje começou de um modo estranho. O pastor levou o credo (o credo niceno-constantinopolitano) para o púlpito. Perguntou quem o conhecia e quem o sabia recitar. Boa parte da congregação respondeu afirmativamente. Depois, leu-o à igreja e explicou, de uma forma muito simples, o que significa. De outra forma, anunciou a Salvação em Jesus Cristo. Demonstrou a diferença entre conhecer/"saber de cor" e "viver" o Cristianismo. Foi tão bonito, tão simples, mas tão profundo. Depois, perguntou à congregação quem se identificou com aquela mensagem e quem queria assumir um compromisso de vida com Jesus. Um homem, uma senhora e mais outro homem deram a sua vida a Cristo. Orámos todos juntos por eles, chorámos de alegria e terminámos o culto a abraçar estes novos convertidos. Deus seja louvado e engrandecido! Hoje, foi dia de Festa no Céu!

O preferido

Ontem, um dos candidatos à Junta de Freguesia veio, pessoalmente, entregar-nos o seu programa eleitoral. Aqui, a campanha eleitoral faz-se de porta em porta, cara-a-cara. Ao ouvir que estava alguém à porta de casa a conversar com o meu marido, o nosso filho veio espreitar quem era. "Boa tarde!" - disse o nosso filho. "Olá pequenote! Estás bom?" - respondeu o candidato. Trocaram mais algumas palavras e, depois do candidato se ir embora, o nosso filho disse com um ar convencido: "Este é um bom homem!"
(Se o nosso filho já tivesse idade para votar, aquele homem tinha ganho mais um voto, lol)

3 de outubro de 2009

Adolescentes no Teenstreet

Certo dia, o meu marido falou com os adolescentes da igreja acerca do Teenstreet. Nunca tinham ouvido falar de tal. Desde então, o sonho de participar neste evento nunca mais os largou. Parecia impossível. Se para quem vive no Continente ir à Alemanha já é um projecto arrojado, para quem vive nos Açores é duplamente arrojado. Seriam necessários mais de três mil euros para enviar um grupo de sete pessoas. Durante meses, os adolescentes trabalharam muito para conseguir juntar dinheiro para a sua participação no Teenstreet. Todos os meses, organizaram almoços na igreja, cujas verbas reverteram para este fim. Ofertas surgiram dos sítios mais incríveis, como foi o caso de uma oferta da América. O apoio da Associação Baptista Açoriana foi também muito importante. Pela graça de Deus, nas vésperas da viagem, conseguiu-se atingir a verba necessária. Os adolescentes tiveram uma experiência única e muito, muito, abençoada no Teenstreet. Voltaram maravilhados, muito tocados por Deus e cheios de amigos. Damos muitas graças a Deus por ter permitido que este sonho se concretizasse na vida destes adolescentes. E acreditamos que, a longo prazo, iremos ver os frutos desta experiência.
(No filme abaixo, podemos ouvir a presença portuguesa num dos cultos do Teenstreet)

video

2 de outubro de 2009

Gostar de cães

"Cão" foi uma das primeiras palavras que aprendeu a dizer. Ladra na perfeição. Não pode ver um cão que desfaz-se em sorrisos.
(Tia Tânia e tia Vera, aqui têm a vossa sucessora)

A verdade sai da boca das crianças

Durante o culto de 4ªf, fiquei a tomar conta das crianças numa sala à parte. A certa altura, tirei os óculos para os limpar. Um menino de cinco anos, que estava junto de mim, ao ver-me sem óculos, grita altíssimo para o meu filho, que estava mais distante: “Depressa, Miguel! Corre!! Corrrre!! Olha a tua mãe!! Vem ver! Olha como ela é linda!!
(perdoem-me este post, mas depois dos trinta as senhoras ficam muito sensíveis a episódios como este)

Alimentar Homens

Ele já tinha comido (e bem). Mas fiquei com a sensação de que ainda comia mais qualquer coisa. Então, perguntei-lhe:
- Filho o que é que te apetece comer mais? Queres que te vá buscar um iogurte?
-“Não, quero uma bifana!”
(Cada vez entendo melhor aquela expressão de que “é mais barato alimentar burros a Pão-de-Ló”)

1 de outubro de 2009

Ilha Verde




Por estes dias, o meu marido esteve em S.Miguel, num retiro de pastores, e tirou estas fotos. Impressionante a beleza desta ilha, criação do nosso Deus. (Arrepia)

Uma campanha diferente - continuação

E, ainda sobre o assunto do post abaixo, os restantes partidos políticos, entretanto, também decidiram fazer os seus "comícios" (leia-se, jantares). Porém, o CDS/PP foi quem apresentou os argumentos mais fortes. Conforme se podia ler hoje no jornal da ilha, o CDS convidou toda a gente para um jantar no "Vítor dos Leitões"!! Um restaurante, estilo tasquinha açoriana, do melhor que há por estes lados. Não se pode dizer que no Faial a campanha eleitoral seja só blá blá blá. Ai não, não.