2 de abril de 2014

Deus é sempre Bom

No fim-de-semana passado, quando abri o Facebook, fiquei sem palavras ao ver fotos da Celeste, já em casa, feliz, com o neto ao colo. O filho da Celeste intitulou as fotos com a frase: “O dia que eu ‘sabia’ que não iria acontecer”. Mas aconteceu mesmo! Deus seja louvado por isso. E ao ver aquelas fotos, bem como um pequeno vídeo em que a Celeste aparece de pé, a dar pequenos passos, no quintal de sua casa, a emoção tomou conta de mim. Nos últimos tempos, tenho pedido muito a Deus que não tome a Celeste e que lhe  devolva a ‘vida’. E emociono-me sempre muito quando oro por ela, pois, ainda há bem pouco tempo, fazia essa mesma oração a Deus por outra Celeste, a minha querida mãe. Porém, no meu caso, Deus decidiu tomar mesmo a minha mãe para junto de Si. E o dia que temia que não acontecesse, não aconteceu mesmo. Fico a pensar que, de facto, nós não mandamos nada. Deus faz as coisas como quer, quando quer e com quem quer. A Sua vontade é soberana. Desta vez, Deus achou por bem fazer um milagre e devolveu a Celeste à 'vida' e à sua família. Alegro-me tanto por isso! Penso no seu marido, nos seus filhos e no netinho… quanta gratidão a Deus devem sentir todos eles! Deus mostrou o Seu poder àquela família de uma forma invulgar e arrebatadora! E se o fez é porque tem um propósito nisso. Mas, pensando bem, também na vida da minha mãe Deus fez um milagre muito grande. Depois de um percurso tumultuado, ela partiu em paz com Deus, com o coração quebrantado, certa da sua Salvação em Cristo. Deus sabe o que é melhor em cada caso. E no caso da minha mãe, o Senhor achou que o melhor era mesmo não a devolver à ‘vida’, mas antes tomá-la para Si. Custa muito enfrentar a realidade de que Deus tenha decidido adiar o meu reencontro com a minha mãe para a eternidade. Mas se pensarmos bem, não custa nada. Difícil seria uma separação eterna. É só um bocadinho de tempo, comparado com toda uma eternidade juntas. Deus tudo sabe. E tudo o que Deus faz é bom. E Deus é bom em todo o tempo. “Que a Tua vontade seja feita na terra, assim como é feita no Céu.”

7 comentários:

Vilma Correia disse...

A verdade é que nós aqui deste lado é que achamos que Deus devolve alguém à vida aqui.. quando na verdade, a verdadeira vida começa do outro lado. Lá, junto Dele, é que é o lugar dos que vivem!
Mas Ele sabe sempre o que faz e porque o faz...seja no morrer, seja no viver, Ele é Deus e Senhor de tudo e todos!

Patrícia disse...

É verdade.

Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

Acredita... a dor de não sabermos se um ente muito querido para nós que partiu vai estar connosco no mesmo lado da eternidade é terrível.

Adriana disse...

É verdade, Vilma e Ana Rute. É bem verdade.

Filipa disse...

<3
Peço tanto a Deus que trabalhe em todos os meus familiares que ainda não o reconheceram como Salvador.

Beijinho

Avozinha disse...

Celeste é um nome fantástico, já deste lado, mas sobretudo do lado de lá da eternidade.

Adriana disse...

:)