23 de abril de 2010

Legendas

Por estes dias, passou na RTP2 um programa sobre bebés prematuros. Um dos casais que apareceu na reportagem era da Ilha de São Miguel. Claro está, colocaram-lhes legendas. A mim, que até nem sou açoriana, aquelas legendas fizeram-me cá umas cócegas… é que eu achei que se percebia perfeitamente o que os senhores estavam a dizer, não era um sotaque daqueles mais fechados. A este respeito, um colega meu partilhava comigo (e com razão) o seguinte: “E porque é que não colocam legendas quando aparecem na TV aqueles continentais lá do norte do país com sotaque cerrado? Nós também temos dificuldade em percebê-los!”
(está bem visto...)

3 comentários:

Anónimo disse...

Isso fez-me lembrar de uma entrevista que fizeram a uma senhora de idade que vivia numa aldeia, nos confins de Portugal (nem os Portugueses sabiam bem onde ficava aquilo) e quando ela começou a falar, tão depressa, tão depressa e com uma pronúncia tão "cantadinha", que eu também desejei que tivessem posto legendas. Ela estava a dizer alguma coisa jeito, mas o pior é que não se percebia! Mas a moda de por legendas nos Açoreanos ficou...e está para ficar!

tania disse...

mt bem visto mesmo...as vezes nao se percebe nada

AVOGI disse...

POisisso digo quando se fala da madeira e se coloca legendas. fico com brotoeja.kis :)