4 de fevereiro de 2007

Dia das de amigas

Por volta das 20h00, encontrámo-nos todas na casa de uma amiga comum. Cada uma levou um doce ou um salgado. Eu levei um frango, que até foi elogiado, mas como sou crente e não devo mentir, tive de lhes dizer que foi comprado (não houve tempo para mais). Éramos um grupo de 12 mulheres. Conhecia seis delas (da igreja). As restantes eram amigas das minhas amigas. Uma delas explicou-me que: "Já há muitos anos que janto com estas amigas, neste dia. Agora que me converti e que tenho amigas novas, não podia deixar de as trazer." Disse-lhe que fez muito bem em trazê-las.
Antes de nos sentarmos à mesa, acompanharam-me todas numa oração. Conversámos, rimos, comemos, todas em volta da mesma mesa. Foi um convívio muito agradável. A certa altura, falou-se que estamos a fazer uma semana de oração na igreja. "É que, lá na igreja, nós oramos uns pelos outros"- explicou uma delas. Dali a pouco, uma das senhoras pediu para ler o nosso boletim (leu-o todo).
No final, levantámo-nos, demos as mãos e orámos todas juntas. Quando abrimos os olhos, três daquelas senhoras estavam a chorar. "Muito obrigada", disseram. "Um dia destes vou lá à igreja. Já estive para lá ir uma vez, mas depois não deu." - disse-me uma delas.
Vim para casa de boca aberta (literalmente) com o que Deus fez naquele jantar. Sem dúvida que a obra é Dele! Que o que se passou naquele jantar possa ser o começo de uma obra tremenda na vida daquelas mulheres.

3 comentários:

tania disse...

essa do frango ta mt boa....lol
ainda bem k o objectivo nao foi so comer e o convivio...
fico feliz por voces

Daniela Mann disse...

Olha que bom! Foi bonito.
Beijinhos

Avozinha disse...

Às vezes subestimamos o poder Dele na vida das pessoas!