12 de fevereiro de 2007

Na sala de voto

Ontem, ele foi votar connosco. Entrou na sala de voto e disse bem alto: "Olá!". Os cinco senhores que estavam na sala deram uma gargalhada em côro e retribuiram o olá. Como viu que teve sucesso, começou a dar beijinhos na mão e a enviá-los pelo ar. As gargalhadas aumentaram. Eu peguei nele e saí sorrateiramente da sala, pois, se bem o conheço, a seguir ía fazer o "põe, põe, galinha" e logo após o "barriguinha cheia"!
(depois fiquei a pensar se, depois daquela cena enternecedora, alguém teria coragem de votar "sim"...)

6 comentários:

Daniela Mann disse...

Pelos vistos tiveram!

alealb disse...

infelizmente...

JOINCANTO disse...

Imaginei a cena e sorri. As minhas também já a fizeram.
eheheheh...

Avozinha disse...

Se fosse aqui, eram capazes de correr com ele... Na nossa zona havia uns miúdos a vender auto-colantes para reverter para os escuteiros, que foram completamente postos a andar!

tania disse...

engracado fico sem saber o k e a barriguinha cheia

Adriana disse...

"barriguinha cheia" é quando ele bate com as mãozinhas na barriga, dizendo que está satisfeito! É uma gracinha!