5 de fevereiro de 2007

Ultrapassagem perigosa

Nesta terra, é muito comum termos de fazer ultrapassagens a vacas (ainda hoje de manhã fiz uma). Isto requer alguma técnica! No início, ultrapassava vacas como quem ultrapassa automóveis: pisca para a esquerda, pé no acelarador e cá vai disto. Mas não é assim que se ultrapassam as ditas cujas. Aprendi esta lição numa bela manhã em que ía atrasada para o emprego. Ía lançada na estrada, quando, de repente, vi o meu vizinho com as suas vaquinhas. Sem abrandar, ultrapassei-as. As vacas ficaram agitadas e o meu vizinho gritou "Ó vizinha, CALMA! CALMA!!" Eu fiquei tão embaraçada que fui até ao fim da rua a pedir-lhe desculpa com o braço levantado!
Agora já sei como se faz: pisca para a esquerda e, bem devagarinho, ultrapassam-se as vaquinhas. (Estamos sempre a aprender)

4 comentários:

langnima1 disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Daniela Mann disse...

eh eh eh eh

alealb disse...

estou imaginando a situação... eu ficari muito confusa...
muito bom...
teu blog é bom gostoso de se ler.
vou passar por aqui sempre,
beijos,
alê

Dulce disse...

Este blog é um espectáculo!